November 26, 2007

MOD DTM 2005 - Análise

Olá,

Há algumas horas foi liberado o Mod DTM 2005, para download no GP4 Database e GP4 Italia (veja os links à direita). Simplificando ao extremo, a DTM (Deutsche Tourenwagen Masters) seria a Stock Car da Alemanha. O Mod, baseado na temporada de 2005, traz alguns nomes familiares aos acompanhantes da F1, como Mika Hakkinen e Heinz-Harald Frentzen. Contando com o pacote de pistas (muitas inéditas para o GP4), o download do Mod completo soma 316 MB, haja conexão. Aí vão minhas primeiras impressões sobre o trabalho de Konstantin "mckey415", Tony Brick "b-tone" e Mark Beijer "MarioB".

Visualmente o Mod é muito bonito, e muito detalhado. Existem as opções de escolha de piloto e pista dentro da própria janela do CSM (uma constante nos Mods montados pelo Tony), o que adiciona detalhes interessantes, como texturas de cockpit e volante dependentes dessas opções - que por sua vez coloca no volante um mapa da pista escolhida. Não há do que reclamar da modelagem e pintura dos carros, que agrada mesmo na resolução Low. No menu principal do GP4, uma bela animação do carro selecionado, cortesia do brasileiro Jorge Paes.


Depois da apresentação visual, vem a parte que mais interessa - pilotar. A primeira impressão é que se está guiando um caminhão, pra quem está acostumado demais com o F1 preso no chão. Mas após algumas voltas o controle do carro vai ficando mais familiar, as curvas mais fáceis de serem atacadas, e tudo parece mais natural. Afinando-se o setup então pode-se ter uma sensação melhor do que esses carros são capazes, não é difícil perceber que o setup padrão está longe de ser um primor de acerto.

As pistas são um show à parte. Os traçados de Brno, Norisring, Lausitzring, Zandvoort e Oschersleben nunca tinham sido liberados para o público do GP4. Essas pistas são acompanhadas de versões "DTMizadas" de Hockenheim, Istanbul e Spa-Francorchamps e uma versão curta de Nurburgring, totalizando nove pistas feitas especialmente para o Mod. Todas com um nível de detalhe ótimo e texturas em alta resolução. Hockenheim e Lausitzring ainda possuem duas versões gráficas para refletir as duas etapas que cada uma recebeu em 2005. Difícil é apontar um destaque entre tantas pistas novas, particularmente gostei bastante de Zandvoort e Lausitz, esta última é uma combinação de oval-misto similar a Indianapolis, mas com menos parte oval do que Indy.

Os sons foram motivo de dúvida pra mim. O ronco do motor do carro que pilotamos é ótimo, mas não consegui deixar de desconfiar que muitos sons originais do GP4 ainda estão lá, principalmente quando se tem outro carro nas proximidades. Ficou a dúvida, mas tive a impressão de ter ouvido um F1 atrás de mim.

O ponto onde o Mod falha é, na minha opinião, o mais sensível: desempenho. Mesmo com texturas na resolução Low, o jogo não fluiu muito bem durante a largada e os primeiros lances da corrida. Sei que meu Pentium 4 de 2.4 GHz não é mais o melhor do mercado, mas esperava um desempenho melhor. O nível de detalhamento das pistas também atrapalha nesse quesito, a queda de velocidade é mais sensível em Lausitzring quando se visualiza a área dos boxes. Minha opinião é que uma estrutura de LODs mais trabalhada nos carros e uma otimização mais afinada das pistas poderiam amenizar esse item, que não chega a ser frustrante mas, dependendo do desempenho da máquina de cada um, pode incomodar.

No geral, é fôlego novo para o GP4, uma fuga dos carros de fórmula, uma experiência nova. Um trabalho de ótima qualidade e muita dedicação que merece ser apreciado pelos fãs do jogo.

No comments :